Na teia de Charlotte, bem lá no alto do estábulo, apareciam palavras escritas. A teia falava de seus sentimentos por um porquinho chamado Wilbur, bem como dos sentimentos de uma garotinha chamada Fern, que também adorava Wilbur. O amor das duas tem sido compartilhado por milhões de leitores.

Autor: E. B. White
Editora: Harper
Páginas: 184
Classificação: 5/5 ♥
Formato da leitura: Físico

Wilbur é um porquinho da primavera, que nasceu pequeno demais e seria descartado por seu dono, não fosse pela menina Fern que considerou aquilo uma grande injustiça.

 Graças a menina, o porquinho cresceu e se tornou um porco de estimação. Tudo estaria as mil maravilhas, não fosse os constantes avisos de outros animais no celeiro que o Wilbur logo não viveria para ver o inverno.

Nunca se apresse nem se preocupe!

Em pânico, pois Wilbur amava sua vida, ele finalmente encontra a solução de seus problemas na forma de sua melhor amiga Charlotte. Charlotte é uma aranha sábia e leal, que logo bola um plano para salvar a vida de seu amigo mamífero: escrever em sua teia palavras sobre Wilbur.

Não é comum alguém encontrar um amigo verdadeiro e um bom escritor. Charlotte era os dois.

Esse livro é um clássico infantil, que tive a oportunidade de conhecer através do filme A Menina e o Porquinho. Sempre desejei ler o livro, e confesso que tanto o filme quanto o livro são muito similares, sendo que o livro possui uma escrita mais poética do que a narração do filme.

Todas estas visões, sons e aromas serão seus para apreciar - Wilbur. Este mundo apaixonante, estes dias preciosos...

É uma história sobre amizade e lealdade, contada de uma forma simples, e por isso é uma história para todas as idades e épocas. Recomendo a leitura para todos!

Deixe um comentário

Seu comentário será sempre bem vindo!

Divulgação de blogs