Inglaterra: Royal Botanic Gardens KEW (https://www.instagram.com/kewgardens/) R$62,39

Existe o London Explorer Pass: Up to 35% Off Top Attractions,
3, por R$280.
5 atracoes: 419,25
7: 514.08
 Pick which attractions you’d like to use your pass on and when to go plus enjoy SKIP THE LINE ENTRY. Save up to 35% on combined admission prices to select attractions, including the
Coca-Cola London Eye
1-Day Big Bus Hop-On Hop-Off tour
Madame Tussauds
The London Dungeon
SEA LIFE London Aquarium
London Eye River Cruise
Tower Bridge Exhibition Ticket (Pick up at the Tower Big Bus stop)
St. Paul's Cathedral
Westminster Abbey
Thames River Cruise 24 Hour Hop-On Hop-Off Sightseeing Tour
Hampton Court
DreamWorks Tours: Shrek's Adventure!
Shakespeare's Globe Exhibition and Theatre Tour
HMS Belfast
Royal Botanic Gardens, Kew (62,39)
Royal Observatory Greenwich (R$74,87)
Planet Hollywood Restaurant
Cutty Sarkarkserif

Receive discounts at restaurants and retailers. Get a handy guidebook full of attraction descriptions, hours of operation, directions, and maps. This pass is valid for 30 days from the first day of your first use. Download your pass on your mobile device and enjoy direct entry to each attraction - no voucher redemption required!

Este ano, em maio, viajei com minha família para mais um país da América do Sul: Chile. Ficamos sete dias hospedados no hotel El Bosque San Sebastian, no bairro Las Condes, perto do Costanera Center e Mall. Esse hotel foi maravilhoso, o café da manhã é bem variado, indico muito!
Compartilho abaixo meu roteiro com dicas de locais e restaurantes, bons ou nem tanto, caso você também queira conhecer Santiago.

Dia 1 - Terça - Costanera Mall.

O shopping é enorme! Vários andares, ocupa um quarteirão inteiro. É recheado de lojas interessantes e a praça de alimentação é repleta de opções para os mais variados gostos, desde restaurante de frutos marinhos até fast-food de comida oriental.

Dicas: Mercado Jumbo. Nele é possível encontrar de tudo um pouco: vinhos para presentear, água mineral, lanches e comidas típicas a um preço em conta. Lá encontrei até mesmo washi tapes (fitas adesivas decorativas) e levei duas pelo preço de uma no Brasil!

Livrarias: Contrapunto e Antartica. (Para visitar, apenas. Os preços são absurdos comparados aos do Brasil! O livro mais barato que encontrei estava R$55,00, uma edição de bolso e simples de um clássico.)

Casa e Ideas. cama, mesa e banho, decoração, vestuário e papelaria!

Starbucks. O Shopping possui duas unidades da franquia!

Jantei rolinhos primavera na praça de alimentação. Como eu não falo bem Espanhol, passei por alguns momentos constrangedores na hora de pedir a comida, já que as atendentes não entendiam nem Português nem Inglês.

Dia 2 - Quarta - La Moneda/Catedral/Museu/Mercado Central; de Flores e Frutas.

Pegamos um Uber até La Moneda, onde presenciamos a Troca da Guarda, que acontece sempre em dias ímpares. É uma cerimônia linda, com cavalos, banda e militares fazendo um show para as pessoas reunidas na praça.

Depois visitamos a grande catedral na Plaza das Armas, construída no século XVI. Sempre admiro estas grandes construções e sua belíssima arquitetura. Algumas áreas estavam em reformas, mas em nada diminuíam a beleza do lugar.

Na mesma Plaza das Armas, entramos no Museu Histórico Nacional, onde cada cômodo foi dedicado a um período da história, desde o passado, com os índios, até o atual. O cômodo que mais gostei foi o dedicado as grandes navegações, quando se deu o descobrimento da América por Colombo, patrocinado pelo reino de Castela e Leon.

Depois do Museu fomos ao Mercado Central, onde almoçamos em uma cantina, Empório Zunino e minha família experimentou as famosas empanadas chilenas (eu comi mini-pizza). Depois passamos rapidamente no Mercado das Frutas (frutas deliciosas!) e a seu lado, o de Flores.

Voltamos ao La Moneda, pois havíamos marcado com antecedência a visita guiada para as 15h. Foi o grande perrengue da viagem: Primeiro nos informaram que nossa visita havia sido adiada p/ as 16h, depois não nos deixaram entrar, dizendo que haviam nos enviado um e-mail adiando a visita para o dia seguinte. Acessei meu e-mail no local e não encontrei tal informação.
Mesmo mostrando a eles a confirmação da nossa visita para aquele dia e a falta do e-mail que eles afirmaram ter nos enviado, não nos deixaram entrar. Perdemos cerca 3 horas do nosso roteiro esperando entrar no local. Fique atento para o mesmo não acontecer com você.

Jantamos no La Picolla Italia, um restaurante italiano com diversas opções de massas e carnes a um preço justo.

Dia 3 - Quinta - Cerro San Cristobal e Zoo/Cerro Santa Lucia/Jantar Ocean

Pegamos o metrô pela primeira vez! É um meio de transporte rápido e fácil de utilizar. Fomos da estação Tobalada até a Republica. Saindo da estação, anda-se cerca de 5 avenidas até chegar ao pé do Cerro San Cristobal. Lá, pega-se o Funicular, um trenzinho, para ir até o topo do Cerro.
No caminho ele faz uma parada no Zoológico. Eu gostei muito do zoo: Encontrei tigres, lêmures, suricatos, o panda-vermelho, lhamas...

Depois prosseguimos para o Cerro, onde comemos empanadas e experimentamos uma bebida típica da região: Mote com Huesillos. Feito com calda de pêssego, grãos de trigo e pêssego em conserva. (tirando os grãos de trigo, que não combinam em nada, é uma bebida refrescante e gostosa.)

Seguimos p/ o topo do Cerro, onde se tem uma vista maravilhosa de Santiago, apesar da neblina constante. Descemos de teleférico e decidimos fazer outro passeio: Cerro Santa Lúcia. Depois nos arrependemos de termos feito os dois passeios no mesmo dia, pois apesar serem lindos, são muito cansativos.

O Cerro Santa Lucia possui muitas, muitas escadas! Uma construção linda no meio da cidade, o Cerro contém arquitetura grego-romana, fontes, estátuas, bancos para as pessoas descansarem e um mirante.

Do Mirante é possível ter uma vista privilegiada da cidade, apesar da neblina. Perto do Cerro Santa Lucia está a Biblioteca Nacional, o Museu de Bellas Artes e a feirinha de Santa Lucia.

Na feirinha é possível encontrar artesanato local, e é ideal para comprar lembrancinhas para si e para seus amigos.

Eu comprei um caderno artesanal e um penal, pois queria levar itens de papelaria, mas lá também se pode encontrar luvas, toucas, mantas, roupas, bolsas, canecas, chaveiros, bijuterias... O que você desejar para presentear a alguém!

Depois decidimos jantar no restaurante Ocean. Pegamos o metro e depois seguimos a pé até o local, que possui, desde o exterior, decoração náutica!
A comida estava boa, minha família pediu polvo, peixe recheado com centolla, e eu pedi frango grelhado, mas o destaque ficou para o suco de framboesa, uma delícia! Aqui o preço foi um pouco mais salgado, mas valeu pela experiência e sabor.

As mesas são decoradas com conchas, cada cômodo é decorado com cordas, timão, sereias, escotilhas e há diversas frases sobre o mar e marinheiros nas paredes!
Dia 4 - Sexta - Farellones


O primeiro dia que vimos neve! Como ainda não era alta temporada, tivemos a chance de explorar o parque! É incrível como, apesar de o dia estar com - 6ºC, o sol reflete na neve e logo nos dá a sensação de calor.

Para ir até Farellones, é preciso subir de carro 60 curvas fechadas! Fomos com a Agência 321 Chile. Se eu fiquei com medo e enjoada no percurso sem neve, imagine só ter que subir no inverno com correntes nos pneus! Vários acidentes já ocorreram ali.

Fomos jantar no Don Gaviota. Queríamos experimentar a centolla, o famoso caranguejo gigante. Vimos o anúncio no site, mas quando chegamos no restaurante fomos informados que não havia aquele prato no momento.
Pedimos então salmão, escondidinho de Centolla, purê de batatas, batatas assadas e frango grelhado, além de suco de framboesa e chirimoia (uma fruta típica do Chile).

Em minha opinião, o frango estava melhor do que o do restaurante Ocean, mais suculento. O purê de batatas também estava delicioso. O preço foi um meio termo entre o Ocean e o La Picolla.

Fomos e voltamos de Uber. Não achamos a localização do restaurante muito segura para andar a pé, principalmente durante a noite. Em suma, não é uma localização muito turística, quase ninguém fala Português ou Inglês.

Dia 5 - Sábado - Embalse el Yeso e Jantar Peruano (Ají Seco Mistico)


Outro passeio feito com a 321 Chile! Achei o local mágico e inspirador! O contraste das montanhas nevadas com o lago da represa, de um azul claro e espelhado, é magnífico!

A neve estava mais presente na paisagem e no solo, onde me arrisquei a fazer um anjo de neve, e fizemos um piquenique no meio daquele cenário branquinho! Foi um dos passeios mais bonitos e marcantes da viagem.


Mais tarde, jantamos no centro, perto do Museu de Bellas Artes, no que se tornou o melhor restaurante da viagem: Ají Seco Mistico. O restaurante peruano serve porções fartas, deliciosas e o atendimento é excelente! Eu pedi frango, minha família pediu camarão e risoto, além de suco de morango e framboesa. O preço foi justo e valeu a pena pela comida excelente.




Dia 6 - Domingo - Vinicola Emiliana/Valparaiso e Vina del Mar.


Nosso terceiro e último passeio com a 321 Chile. Paramos na vinícola Emiliana, famosa por ser orgânica! Não são usados pesticidas, há galinhas soltas pela propriedade, que ciscam o solo, matando as pragas, de forma totalmente natural.

Seguimos para Valparaíso, que não me deu uma impressão muito boa de início. A cidade é considerada patrimônio da Unesco, mas vi tantas pichações e prédios depredados, caindo aos pedaços. Somente uma pequena parte dos prédios possui os lindos e famosos grafites. Na foto, uma escola com arte inspirada pelo autor Pablo Neruda.


Encontrei uma confeitaria francesa e não pude deixar de comprar um macaron... de framboesa! (percebam que essa fruta é famosa no Chile!)

Almoçamos no Oda Pacifico. Infelizmente a comida decepcionou. Meu prato de macarrão tailandês com frango tinha um gosto muito forte de cilantro. Os mexilhões pareciam com areia. Mas o suco (de framboesa!) estava excelente. E o preço também foi salgado.



Depois seguimos para Vina del Mar. No caminho passamos por uma universidade linda, no topo de uma elevação. Ela é informalmente chamada de Universidade de Hogwarts, por conta da sua arquitetura, a Universidade Técnica Federico Santa María. Em Vina paramos no relógio de flores e em uma praia para admirar o Oceano Pacífico.

Por termos parado na vinícola Emiliana no início do trajeto, não deu tempo de entrar no Museu Fonck, repleto de história e arqueologia. (Para minha tristeza, sou completamente apaixonada por arqueologia. Da próxima vez, farei uma viagem só focada nos museus!)

Jantamos no Costanera Mall. Pedimos uma pizza tamanho família no Pizza Hut, e no combo acompanhava suco de laranja, bolinhas de frango e palitinhos de queijo.


Dia 7 - Segunda - Parque Bicentenário

Nosso último dia em Santiago. Queria ter ido no Museu Nacional de História Natural do Chile, no parque Quinta Normal, mas infelizmente ele não abre na segunda-feira. (Outro arrependimento. No museu há uma múmia inca e ossos de dinossauros!)
Fomos de Uber até o parque. Achamos ele maravilhoso! Repleto de bancos, é fresco, pacífico, com flores lindas e passarinhos, lagos com peixes e aves aquáticas. Queria que tivesse parques assim em Santa Catarina!

Jantei novamente no Costanera Mall. Pedi um Chicken Big King no Burger King e meus pais comeram no restaurante Costamia, a ambientação do restaurante conta com vários  aquários lindos com peixes exóticos.

Esse foi o nosso roteiro. Espero ter ajudado com dicas de locais e restaurantes, no caso de você ainda não conhecer Santiago. E se você já conhece, foi nestes locais? Ou conheceu outros? Venha conversar nos comentários!

Em 2002, na noite em que a Coréia do Sul vence a Copa do Mundo, os namorados do ensino médio Jang Guk e Yun Jun-su dormem juntos e Jang Guk acaba grávida. Eles recebem permissão para se casarem pelo pai de Jun-su, mas apos um acidente, Jang Guk perde o bebê. Suas mães, que eram contra o relacionamento dos jovens desde o começo, se aproveitam da situação para separá-los. Jang Guk deixa a Coréia para viver com a tia nos E.U.A., e muda seu nome para Jang Dal-lae. Doze anos depois, eles se reencontram e entram na vida um do outro novamente. O único problema é que Yoo Jun-su não sabe que Dal-lae é ela e Jang Guk não quer que ele saiba.


GêneroRomance, Drama, Comédia, Família.
Temporadas: 1
Episódios: 26
Data de Estreia: 2014
Classificação indicativa: 12
Elenco: Lee So-yeon, Namkoong Min, Lee Tae-im, e Lee Won-keun.
Avaliação: 4/5 

Jang Guk, que se mudou de Busan para Seul após perder o pai em um acidente, e que apesar da família ter pouco dinheiro, ela tem grande potencial para entrar em uma faculdade de renome, vai estudar em uma nova escola. Lá ele conhece um garoto, Yun Jun-su, de boa família, filho do diretor da escola, que sonha em ser músico. Os dois se tornam amigos e se admiram. Após uma comemoração de uma vitória da Coréia do Sul na Copa do Mundo, acabam passando a noite juntos, e essa noite irá mudar a vida deles, pois a adolescente acaba grávida.
A princípio os dois tentam esquecer a noite juntos, mas não conseguem esconder o fato de que estão apaixonados. Entretanto, quando a gravidez vem a tona, as duas famílias ficam contra os jovens, exceto pelo pai de Jun-Su e pela avó de Jang-Guk. Apesar do conflito, o pai dele acaba concedendo aos dois a opção de se casarem.

Felizes, os jovens não notaram como o relacionamento deles causou inveja na escola. Em um dia em que Guk sai sozinha da escola, é perseguida por um grupo de meninas, a mando de Ju Da-hae, que se considerava, desde pequena, namorada de Jun-su. Na correria, Guk acaba por ser atropelada por uma moto. Apesar de não ter tido ferimentos graves, ela acaba perdendo o bebê.

A partir daí, os jovens acabam sendo separados pelo destino, sem conseguirem dizer um adeus apropriado, o que gera tristeza e feridas em ambos, que somente 12 anos depois eles conseguiriam resolver.
Esse foi um dos primeiros doramas que assisti, e se tornou um dos meus favoritos, junto a Itazura na Kiss (Japão)/Playful Kiss(Coréia). O dorama tem momentos de drama, sim, mas também tem muita comédia (principalmente no tempo presente da trama), situações familiares, e romance (fofo)!

Recomendo para todos! Nos faz refletir sobre que algumas situações fogem ao nosso controle, e que nem sempre uma pessoa tem culpa por determinada situação. O dorama mostra primeiro o passado e depois o presente, para que possamos entender as atitudes dos personagens.

Eu já assisti ao k-drama duas vezes, e vale lembrar que 12 Years Promise está disponível na Netflix, com legenda em vários idiomas, incluindo o Português. Você já assistiu a esta série?

Foto 1:Aminoapps Foto 2: Unopened Letter to the World

1941. A União Soviética anexa os países bálticos. Desde então, a história de horror vivida por aqueles povos raras vezes foi contada.
Aos 15 anos, Lina Vilkas vê seu sonho de estudar artes e sua liberdade serem brutalmente ceifados. Filha de um professor universitário lituano, ela é deportada com a mãe e o irmão para um campo de trabalho forçado na Sibéria.
A vida em tons de cinza conta, a partir da visão de poucos personagens, a dura realidade enfrentada por milhões de pessoas durante o domínio de Stalin. Ruta Sepetys revela a história de um povo que foi anulado e que, por 50 anos, teve que se manter em silêncio, sob a ameaça de terríveis represálias.


Autor: Ruta Sepetys
Editora: Speak
Páginas: 338
Classificação: 5/5 ♥
Formato da leitura: Físico (Inglês)

No Brasil, o livro foi publicado pela editora Arqueiro sob o título: A Vida em Tons de Cinza.

Após a Lituânia ter sido invadida e se tornar parte da URSS, os soldados são instruídos a mover as pessoas de uma "lista". Após o pai de Lina, um professor universitário provost, não voltar para casa,  Lina, seu irmão e sua mãe são forçados a deixar sua casa as pressas no meio da noite.
Eu não tinha ideia do quão rápido era mudar, desaparecer. Se eu soubesse, eu teria olhado o meu reflexo, o memorizado. Seria a última vez que eu olharia em um espelho de verdade por mais de uma década. p. 12
Os soldados os levam até um caminhão com mais pessoas: professores, bibliotecários, um colecionador de selos. Depois, são colocados em trens que costumam mover gado. Lina e Jonas escapam do vagão, parado na estação, a tempo de encontrarem outro, onde finalmente encontram seu pai. Ele fala para Lina ajudá-lo a um dia se reunirem, já que Lina possui um talento nato para desenhar.
Você defende o que é certo, Lina, sem esperar por gratidão ou prêmio. p. 9
Depois disso, o trem segue para a URSS. São dias, semanas e meses em que as pessoas são privadas de sua liberdade. Quanto a Lina, ela fica cada vez mais ultrajada com o tratamento a que são submetidos. Apesar disso, começa a ilustrar os lugares que passam em um lenço, que espera que um dia chegue as mãos de seu pai, e que eles possam se reunir após aquele horror terminar.

Eles são deixados em uma fazenda de beterrabas, um campo de trabalho. Por um dia de trabalho, ganham sua "ração", um pedaço de pão ou um legume que não serve para encher suas barrigas. Sofrem humilhações e privações diariamente. Muitos adoecem e morrem, por falta de cuidados médicos.
Como poderíamos nos defender, se todos estão cobertos de medo e se recusam a falar? p.55
Esse livro se tornou um dos meus favoritos! Amo livros sobre a guerra, pois apesar de mostrarem várias atrocidades, o pior lado da humanidade, também mostram que a humanidade tem um lado bom. Mesmo que uma pessoa seja privada de sua liberdade, de sua honra, ainda assim é capaz de atos de bondade, de amor.

Uma das personagens mais tocantes do livro é a própria mãe de Lina. Sempre bondosa, sempre buscou ser útil, nunca perdeu sua fé ou esperança. Um verdadeiro exemplo de como a guerra não destruiu seu interior, sua essência.

Recomendo a leitura deste livro para todos. Esse lado da história pode ser menos conhecido do que, por exemplo, o nazismo, mas não foi menos impactante ou cruel. Esse livro foi escrito por uma filha de imigrantes da Lituânia, que teve parentes que sofreram estes horrores. Esse livro é uma voz para eles.

O Silmarillion, agora reeditado pela Editora WMF Martins Fontes, relata acontecimentos de uma época muito anterior ao final da Terceira Era, quando ocorreram os grandes eventos narrados em O Senhor dos Anéis. São lendas derivadas de um passado remoto, ligadas às Silmarils, três gemas perfeitas criadas por Fëanor, o mais talentoso dos elfos. Tolkien trabalhou nesses textos ao longo de toda a sua vida, tornando-os veículo e registro de suas reflexões mais profundas.
Autor: J. R. R. Tolkien
Editora: Martins Fontes
Páginas: 470
Classificação: 5/5 ♥
Formato da leitura: Físico

O Silmarillion é uma obra épica incrível. Expande o mundo da Terra Média que conhecemos em O Hobbit e O Senhor dos Anéis, pois estas duas obras são apenas uma pequena história na grande mitologia criada pelo autor!

O livro começa com a grande canção de Eru Iluvitar, que em minha visão, representa Deus. Os "anjos"/Anuir se juntam a ele na canção. Os principais se chamavam: Manwë, Varda, Ulmo, Aulë, Tulkas, Yvanna, Nienna, Mandos e Oromë. A canção cria o mundo e os seres.

Mas então um deles, chamado Melkor, "um demônio", provocou uma dissonância, almejando fazer uma música própria, e sua música fez com que alguns começaram a desviar-se do propósito inicial de Eru.

Alguns dos Ainur que se enamoraram de Arda, a Terra, puderam descer para lá. Desses espíritos que desceram à Terra, os mais poderosos foram chamados de Valar, e os menos poderosos, de Maiar. Iniciou-se assim o Governo dos Valar na Terra. Melkor desceu junto, e secretamente cobiçava a Terra.

Esse foi o início da Terra e da História dos Valar como seus governantes. Depois o livro fala dos seres criados, em especial os elfos. E é a partir deles que a trama do livro toma forma.

Duas histórias me chamaram a atenção: Os filhos de Húrin e Beren e Luthien. Abaixo irei contá-las, se não desejar ler spoilers, vá para o final da resenha.


Os Filhos de Húrin é uma tragédia intensa, que possui um livro próprio. Pela importância da história no compendium dos elfos, ela é aqui tratada de forma resumida. Húrin foi capturado após a Batalha das Lágrimas Incontáveis, e amaldiçoado por Morgoth (Melkor), e a maldição também seria para sua família.

Turin Turumbar, desde pequeno, se sentiu diferente. Após sua sua vila Dor-lómin ser atacada, sua mãe, Morwen, lhe enviou secretamente para Doriath, uma fortaleza élfica, por segurança. Por anos ele viveu lá, longe dos olhos de Morgoth. Entretanto, após matar um elfo de Doriath, Turin foge e vive na floresta por anos como um proscrito.

Ele vai para a fortaleza de Nargothrond. Lá, Finduilas, a filha do rei Orodreth, se apaixona por ele. Anos depois,  Morgoth enviou uma orda de Orcs e o dragão Glaurung para lutar contra Nargothrond. Na batalha de Tumhalad, o reino pereceu. Túrin foi pego pelo olhar poderoso do dragão, e imóvel, nada por fazer para evitar que os orcs levassem a princesa Finduilas.

Anos depois, se apaixona por uma jovem sem memórias chamada Niniel Nienor.


Eles se casam e ela fica grávida, mas são atacados por Glaurung. Antes de morrer, o dragão revela que os dois são irmãos. Glaurung havia retirado as memórias da jovem antes de ela conhecer Turin, e lhe devolveu para mostrar a verdade. Inconformada, Niniel se joga nas águas do rio Taeglin. Já Túrin cai sobre o fio de sua própria espada.

Os pais dos jovens, anos depois, finalmente se encontram. Hurín e Morwen compartilham um breve momento juntos, antes que a maldição de Morgoth também os alcança-se.

É uma das tragédias mais tristes escritas por Tolkien! Túrin nunca pareceu realmente feliz, sempre se sentiu inconformado, inquieto e fora do lugar. Tudo por culpa de uma maldição.

Beren e Luthien é uma das maiores histórias de amor da mitologia de Tolkien!


Após o primeiro olhar, Beren e Lúthien se apaixonaram. Ele foi a Doriath pedir a mão da princesa elfa a seu pai, o rei Thingol. Thingol não aprovou o humem mortal, e lhe deu uma tarefa impossível para conceder a mão da filha:  Ele deveria trazer uma das três joias Silmarils, que Morgoth havia roubado.

Com a ajuda de Huan e de Finrod Felagund, Beren e Lúthien derrotaram Sauron e em Angband,  roubam uma Silmaril da coroa de Morgoth. Beren foi mortalmente ferido por Carcharoth, o lobo de Angband, e morreu.

O amor de Lúthien por Beren era tão forte que, ao saber da morte do amado, seu espírito viajou até  o Palácio de Mandos, um dos Valar, que cuida da pós-vida dos elfos. Lá ela cantou uma canção de tamanho luto e beleza que Mandos se encheu de piedade pela primeira e única vez.

Ele deu a ela duas escolhas. Lúthien escolheu retornar a Terra-Média com a seu lado Beren, por um tempo, e depois ambos morreriam e, ao contrário dos outros elfos que poderiam "reencarnar", o espírito dela sairia do mundo para sempre. Ela desistiu de sua imortalidade por amor!


Beren e Lúthien viveram juntos por mais 37 anos. Lúthien teve um filho, Dior. Através de seus descendentes, o sangue dos elfos e dos homens prosperou.  Dior foi avô de Elrond e Elros, e ancestral dos reis Númenórianos.

Um dos fatos mais bonitos desse conto, além da coragem de Beren para cumprir a missão e do fato de a elfa ter aberto mão de sua mortalidade, reside no fato que Tolkien se considerava como Beren, e sua esposa Edith, como Lúthien!

O Silmarillion é um livro maravilhoso, cheio de histórias emocionantes, mitos e lendas. O considero essencial para os leitores que amam O Senhor dos Anéis e fantasia. Mas recomendo ter sempre um caderno ao seu lado para fazer anotações: são muitos nomes, lugares, espécies, e árvores genealógicas!

Ilustrações: 1- Celtica-Harmony on deviantART. 2- zdrava.deviantart.com on @deviantART 3- ekukanova on DeviantArt. 4- Keyade on deviantART.

Vídeo: Música original de Eurielle.


Mulher Gato: Ladra de Almas
Quando o morcego está fora, a gata faz a festa. É hora de ver quantas vidas esta gata realmente tem...
Dois anos após escapar da favela de Gotham City, Selina Kyle retorna como a misteriosa e rica Holly Vanderhees. Ela rapidamente descobre que com o Batman fora em uma missão vital, Batwing é deixado para conter a maré de criminosos notórios. Gotham City está pronta para ser tomada.
Enquanto isso, Luke Fox deseja provar que ele tem o que é necessário para ajudar as pessoas em seu papel como Batwing. Ele mira em um nova ladra à espreita que parece mais esperta que a maioria.
Ela se junta a Era Venenosa e Harley Quinn, e juntas elas estão causando danos. Essa Mulher Gato pode ser a ruína de Batwing.
7 de agosto (No Brasil será publicado pela editora Arqueiro)

Estas Ondas Rebeldes
Adeluna é uma guerreira. Há cinco anos, ela ajudou a mágica e rica ilha de Grace Loray derrubar seu opreçor, Argrid, um país regido pela religião. Mas se ajustar a vida após a guerra não tem sido fácil. Quando um delegado Argridian desaparece durante as negociações de paz com o novo Conselho de Grace Loray, Argrid exige justiça brutal— mas Lu suspeita que algo mais perigoso está em jogo.
Devereux é um pirata. Como um dos fora da lei chamados de caçadores de correntes que correm soltos em Grace Loray, ele pirateia as plantas mágicas da ilha e as vende no mercado negro. Mas após Argrid acusar caçadores de rapto diplomático, Vex se torna um alvo. Como um navegador experiente, ele concorda em ajudar Lu a encontrar o Argridian — mas a verdade que eles descobrem pode ser mais mortal que qualquer guerra.
Benat é um herege. O príncipe coroado de Argrid, ele guarda uma obsessão secreta pela magia proibida de Grace Loray. Quando o pai de Ben, o rei, lhe dá uma chocante tarefa de reverter o medo de magia em Argrid, Ben precisa decidir se um príncipe é capaz de  mudar um país devoto - ou se ele está construindo sua própria pira.
Quando as conspirações surgem, Lu, Vex, and Ben terão que decidir quem eles realmente são... e o que eles estão dispostos a se tornar pela paz.
7 de agosto


Enquanto ela Ascende
Mira, a da Esperança HOPEBEARER
Mira Minkoba esta fugindo com seus amigos depois a fiery escape from the Pit, onde ela esteve presa por defender os dragões que ela ama. E ela deseja respostas. Onde todos os dragões foram levados? Porque as poderosas noorestones sendo exportadas para o continente? E o tratado que ela defendeu durante toda a sua vida realmente vendeu as Ilhas Caídas a seus inimigos?
Mira, a Coração de Dragão
Enquanto sua conexão com os dragões— e seus poderes — cresce com força, o mesmo acontece com o medo de Mira de que ela possa perder o controle e machucar alguém que ela ama. Mas a única forma de encontrar a verdade é ir até seu lar novamente, para Damina, para encarar as pessoas que a traíram e os pais que ela não tem certeza se pode confiar.
Lar, onde ela deve se elevar acima de seus medos. Ou ser consumida.
11 de setembro/Katherine Tegen Books

Reino de Cinzas
Capturada pela Rainha dos Féricos, Aelin está trancada dentro de um caixão de ferro, em uma localização secreta, com aparentemente nenhuma esperança de escapar. Enquanto ela enfrenta meses de tortura, seus amigos se espalham por destinos diferentes. Sem Aelin para protegê-los, o soldado Aedion e a metamorfa Lysandra precisam defender sua terra natal a todo custo. Também deixados para forjar seus próprios caminhos que podem  mudar a história estão Chaol, a bruxa Manon, e o garoto de ouro Dorian - enquanto o companheiro de Aelin, o férico Rowan, procura pelo mundo por seu amor perdido.
Enquanto Aelin junta suas forças para se salvar e lutar a batalha final de sua vida, todos os seus destinos pendem sob a balança. Alguns laços irão se unir ainda mais, outros serão cortados para sempre, e mistérios serão revelados neste final de série emocionante e cheio de ação. 
23 de outubro/ Bloomsbury (USA;UK); Galera Record (Brasil)

Arquinimigos
O tempo está acabando.
Juntos, eles podem salvar o mundo.
Mas eles são o pior pesadelo um do outro.
Em Renegados, Nova e Adrian (Insônia e Rascunho) lutaram a batalha de suas vidas contra o Anarquista conhecido como o Detonador. Foi uma vitoria curta.
Os Anarquistas ainda possuem uma arma secreta, uma que Nova acredita que irá protege-la. Os Renegados também possuem uma estratégia para derrotar os Anarquistas, mas tanto Nova quanto Adrian entendem que isso poderia ser o fim da cidade de Gatlon - e do mundo - como eles o conhecem.
6 de novembro/Feiwel and Friends (No Brasil, o primeiro livro, Renegados, ainda não foi publicado.)

Estou muito empolgada principalmente com os lançamentos da Sarah J. Mass! É incrível como mesmo durante a gravidez e agora cuidando de seu pequeno Taran, a Sarah não parou de escrever. Mal posso esperar pela épica conclusão da série Trono de Vidro, que acompanho desde 2016. Também estou ansiosa pelo lançamento do livro sobre a Mulher Gato, sou apaixonada pelos heróis da DC Comics.

Em dificuldade financeira, o piloto Han Solo (Alden Ehrenreich) e sua namorada Qi'ra (Emilia Clarke) buscam algum trabalho. Eles conseguem pôr as mãos em uma substância valiosa, mas perigosa, que acaba levando à perseguição do Império e à separação entre os dois. Preocupado, Han usa toda a sua esperteza para se infiltrar num plano arriscado, mas que pode render a oportunidade de voltar à terra natal e reencontrar a sua amada. Caso ele falhe, vai ter que prestar contas ao perigoso Dryden Vos (Paul Bettany). No caminho, o piloto encontra parceiros importantes, como Chewbacca (Joonas Suotamo) e Lando Calrissian (Donald Glover), o proprietário original da Millennium Falcon.


Título Original: Solo - A Stars Wars Story
Ano de Lançamento: 2018
Direção: Ron Howard
Classificação: 3/5

Sem dúvida, os grandes momentos do filme são o início da amizade entre Han e Chewie, a maneira como Han conseguiu pilotar a Millenium Falcon no percurso de Kessel e como posteriormente a conquistou em um jogo de cartas com Lando.

Há outras duas cenas ao final, que não comentarei muito para não estragar sua experiência ao assistir o filme. Mas uma foi uma surpresa positiva, relativa a um caçador de recompensar a lá Boba Fett, enquanto a outra cena me deixou confusa com a linha do tempo no filme, mostrando um personagem que apareceu em uma das grandes trilogias.

Confesso que me decepcionei um pouco. Ele é um bom filme, mas para o nível de Star Wars, foi um filme fraco. Dos filmes únicos de Star Wars, fora das grandes trilogias, Rogue One conseguiu me passar mais emoção e empatia por seus personagens do que Solo.

Dos novos personagens inseridos em Solo, gostei apenas da robô L3-37, que me pareceu uma versão feminina e falante do R2D2, que é o meu robô preferido de Star Wars. Quanto aos outros, achei alguns forçados e desnecessários.

Preciso elogiar a atuação dos atores que interpretaram Han e Lando. Conseguiram me passar a sensação que eram os melhores atores para interpretar os personagens que já conhecíamos, mais jovens!

Se você já assistiu ao filme, venha conversar nos comentários. Em resumo, o filme é divertido para conhecer melhor o passado de Han, Chewie e Lando. Mas não espere algo épico e grandioso ao nível das grandes trilogias de Star Wars.

Divulgação de blogs