Antes
Mira Minkoba é a Portadora da Esperança. Desde o dia em que ela nasceu, foi lhe dito que ela é especial. Importante. Perfeita. Ela é conhecida em toda Ilhas Caídas não apenas por sua beleza, mas pelo Tratado de Mira nomeado após ela, um tratado de paz que uniu as sete ilhas contra seus inimigos no continente.
Mas Mira nunca se sentiu tão perfeita como todos dizem. Ela conta compulsivamente. Ela luta contra ansiedade paralisante. E ela está muito interessada em dragões para uma garota de sua posição.
Depois
Então Mira descobre um segredo explosivo que desafia a tudo o que ela e o Tradado defendem. Traída pelas mesmas pessoas aos quais ela passou sua vida servindo, Mira é sentenciada para o Abismo– a prisão mais mortal das Ilhas Caídas. Lá, um guarda cruel irá fazer de tudo para descobrir o segredo que ela morreria para proteger.
Não mais em dívida àqueles que a traíram, Mira precisa aprender a sobreviver sozinha e descobrir as verdades sombrias sobre as Ilhas Caídas — e ela mesma — antes que seu próprio mundo entre em colapso.
A nova série de Jodi Meadows, Ilhas Caídas, queima com magia em extinção, romance em fogo brando e fogo interior.
Autora: Jodi Meadows
Editora: Katherine Tegen Book
Páginas: 400
Classificação: 3/5
Formato da leitura: E-book - Inglês

Mira foi mandada para a prisão injustamente. Ela era a voz do Conselho Luminar. Ela era amada e admirada pelo povo. Mas quando descobriu atividades ilícitas do Conselho, não houve julgamento, não lhe deram a chance de se defender. A cada dia de prisão, ela esperava que algum guarda lhe dissesse que aquilo era um grande engano.
Ninguém gostaria de ouvir que suas tentativas de fazer o bem poderiam ser, na verdade, prejudiciais.
Mais de um mês na prisão se passou quando ela finalmente foi solta. Ela finalmente poderia falar com o povo. Mas quem acreditara nela? Poucos souberam de sua prisão. Tudo fora acobertado. O Conselho havia manipulado toda a situação. E apenas Mira sabia a verdade.
Eu esperava que todos honrassem o que diziam sobre igualdade através das ilhas, não essa traição do próprio âmago do Tratado de Mira.
Eu esperava gostar muito mais deste livro. Infelizmente, fiquei um pouco decepcionada. Os motivos são dois: a personagem principal, Mira, e o fato de que 50% do plot se passa dentro de uma prisão, gerando poucos momentos de ação. Felizmente, o restante do livro compensa o início arrastado.
Eu passei toda a minha vida ouvindo sobre a importância do Tradado Mira. Não fique surpresa que eu acredite nele. E não fique chocada que agora eu irei usar a minha voz - a voz que você me deu - para falar das brutais injustiças feitas pelas próprias pessoas que assinaram o tratado contra estas ações.
A personagem principal é um pouco chatinha: Mira acha que seu único talento é ser um rostinho bonito. Em uma prisão onde pouca luz é permitida, ela acha que não possui mais nenhum valor. Ela reclama da falta de seus cremes, perfumes e vestidos. De como sua pele não mais irradia saúde, de como seus cabelos estão desidratados. E possui a mania irritante de contar a quantidade de objetos ao seu redor e quantos passos ela consegue dar de um cômodo ao outro.
Você tem medo de mim, você e resto do Conselho Luminar. Você me fez uma voz poderosa, pensando que eu iria sempre ser a sua voz, mas você estava errada. Não sou uma ferramenta para ser usada para sua conveniência. Eu não serei empunhada contra as próprias fundações do tratado nomeado após mim.
Porém, ao longo do tempo que ela passa na prisão, vemos que aquela garotinha frágil e vaidosa vai amadurecendo. Vemos que ela tem um coração altruísta, que acredita na paz e na harmonia de sua sociedade.

Descobrimos sobre os dragões, e o momento em que ela e seus amigos começaram a desconfiar do conselho, através das memórias de Mira na prisão. A trama se desenrola de maneira lenta, porém quando a verdadeira ação acontece, o ritmo do livro se torna eletrizante.

Estou muito ansiosa pelo lançamento da continuação deste livro, As She Ascends, previsto para ser lançado setembro deste ano nos EUA. Neste próximo livro espero muito mais ação e, claro, dragões! No Brasil ainda não há informações sobre qual editora comprou os direitos de publicação da trilogia.



Gente, vocês sabiam que a franquia de filmes de Crepúsculo está completando 10 anos? (Os livros já ganharam uma edição comemorativa, Vida e Morte, em 2015).

Crepúsculo foi a minha primeira saga literária, meu primeiro fandom e proporcionou o meu primeiro contato com o mundo maravilhoso das Fanfics, e assim descobri que eu queria ser escritora! Por isso decidi trazer uma TAG sobre a série aqui para o blog, que encontrei no canal da Beatriz Paludetto.

Perguntas:
1- Qual foi seu primeiro contato com a saga? 
Através dos livros, emprestados por uma amiga. Depois de ler os livros, praticamente todas as minhas amigas também leram e passaram a conversar sobre os livros e filmes. Íamos ao cinema juntas assistir aos filmes. Foi por amar tanto essa "partilha" de experiencias literárias com minhas amigas que decidi criar este blog!

2- Qual o livro e filme preferido e porquê? 
Livro: Eclipse. Filme: Lua Nova.
Motivos: amo o livro Eclipse por contar a história do Jasper e da Rosalie, além da interação dos lobos Quileutes com os vampiros em prol de uma humana!

Já com relação aos filmes, prefiro Lua Nova pela direção, pelos efeitos especiais, pela trilha sonora... Pra mim foi o filme que melhor capturou a "alma" do livro.

3- Personagem preferido e personagem mais odiado: 
Amo Jacob, Alice, Carlisle, Seth e o Garrett. Odiar é uma palavra muito forte... mas eu não gosto dos Volturi, principalmente pelo que eles fizeram com a Bree, e claro que a Victoria também entra na lista de personagens que eu não gosto.

4- Qual música da trilha preferida? 
Várias: Meet Me On the Equinox, Possibility, Endtapes, Flightless Bird, A Thousand Years ♥ também gosto muito das músicas da banda Paramore e as mais clássicas com o som de piano.

5- O que a saga representou para você na sua vida literária? 
Eu lia pouca fantasia na época, e poucos livros por ano. Depois de Crepúsculo, passei a ler mais fantasia (principalmente de vampiros, na época) e a ler muito mais livros por ano.

6- Team Edward ou Team Jacob?
Team Jacob! Um amigo que sempre estaria ao seu lado, até mesmo nos seus momentos mais difíceis.
A maioria das minhas amigas era Team Edward, mas eu não curtia o ciúme absurdo do Edward, achava-o dominador e superprotetor.

7- Já leu ou escreveu uma fanfic de Crepúsculo? Indique uma! 
Eu comecei a ler diversas fanfics, e foi aí que decidi escrever as minhas versões. Eu escrevi umas três fanfics e fiz rascunho de outras em meus cadernos! Até hoje escrevo uma, Lua de Cinzas, no Wattpad e no Nyah! Fanfiction. É minha versão dos acontecimentos após o último livro da série.

Das que eu lia, não lembro bem os nomes das minhas preferidas, mas eram sempre sobre ou continuação da história ou passado de personagens, como Alice e Jasper, e sobre a Rosalie. Da Rosalie lembro de uma fofa que tem no Nyah!: Entre Bilhetes e Lírios

8- O que você adquiriu em decorrência da série? 
Apenas os livros Lua Nova em Inglês (meu primeiro livro adquirido em outro idioma) e Eclipse nas Americanas por um preço baratinho. Quero um dia comprar o box inteiro da série em Inglês, além do Funko Pop da Bella com seu vestido de noiva. ♥


GêneroDrama Histórico.
Temporadas: 3
Data de Estreia: 2012
Classificação indicativa: 16
Elenco: Michelle Jenner, Rodolfo Sancho, Pablo Derqui, e García Millán.
Avaliação: 5/5 
Sinopse:
Apesar de ser filha de um rei, ela não estava na linha de sucessão ao trono, mas o destino a transformou numa peça fundamental para a renovação do seu reino.
Conheça a história da rainha de Castela. A série acompanha a história de Isabel, a Católica, rainha de Castela. Isabel ajudou a financiar as viagens de Cristóvão Colombo e foi durante seu reinado que se estabeleceu a Inquisição Espanhola em 1480 e o Decreto de Alhambra, em 1492, pelo qual judeus e muçulmanos foram obrigados a se converter ao catolicismo sob pena de expulsão. Também foi em seu reinado que ocorreu a conquista de Granada, até então muçulmana.

Esta série histórica se tornou uma das minhas favoritas! A série segue a vida da princesa Isabel, ainda adolescente, até sua morte, como rainha de Castela, mostrando momentos importantes de seu reinado ao lado do marido Fernando de Aragão, descendência e vida pessoal.


A série é recheada de intrigas, política, romance e guerras. Mostra a estreita relação dos reis com a igreja romana, que lhes conferiu o título de os reis católicos, e a instauração da Inquisição, onde centenas de judeus e muçulmanos acabaram mortos. Também mostra o grande jogo de poder entre as grandes cortes da época: Espanha, Portugal e França.


A série possui três temporadas, além de um filme, La Corona Partida, com o mesmo elenco, que continua a história após a morte da rainha. Atualmente é transmitida pelo canal +Globosat no Brasil.

Recomendo a série se você gosta de história e intrigas políticas. Para mim, é uma das melhores séries históricas da atualidade. Assista ao trailer da 1ª temporada:


O longo caminho para o trono apenas começou para Aelin Galathynius. Lealdades foram quebradas e compradas, amigos foram perdidos e ganhos, e aqueles que possuem magia se encontram em desigualdade com aqueles que não a possuem.
Conforme os reinos de Erilea ruem ao redor de Aelin, inimigos precisam se tornar aliados se Aelin irá manter aqueles que ama de sucumbir para as forças malignas que pretendem reivindicar seu mundo. Com a guerra pairando sobre todos os horizontes, a única chance de salvação está em uma jornada desesperada que pode marcar o fim de tudo o que Aelin ama.
Aelin terá sucesso em evitar o mundo de se quebrar, ou irão todos sucumbir?


Autora: Sarah J. Maas
Editora: Bloomsbury/Galera Record
Páginas: 720
Classificação: 4/5
Formato da leitura: Físico - Inglês

Os capítulos são narrados por vários pontos de vista, o que nos possibilita conhecer melhor a história através destas diferentes perspectivas muito bem entrelaçadas.

Esse livro traz grandes revelações e é repleto de ação, magia, aventura e romance. A cada livro, Sarah consegue evoluir em sua escrita e na construção de seus personagens. Meus personagens favoritos continuam sendo Chaol, Manon e Aelin mas outros personagens também acabaram se tornando mais interessantes na construção da trama, como Elide e Lorcan.

A magia de Aelin está incontrolável, mas todo seu poder pode não ser suficiente contra as forças de seus inimigos. Felizmente, ela não está sozinha.

O final possui um enorme gancho para o último livro da série, ainda sem título. Já estou criando muitas teorias para o final da série, mas sei que Sarah pode sempre nos surpreender.
Há pouco o que se falar sem divulgar spoiles para quem ainda não leu os livros anteriores, então deixo aqui minhas quotes favoritas do livro:

"Manon entendeu naquele momento que haviam forças maiores do que obediência, disciplina e brutalidade. Entendeu que ela não havia nascido sem alma, ela não havia nascido sem coração. Pois lá estavam ambos, implorando para que ela não virar aquela espada."

"Ela não era uma princesa rebelde, destruindo castelos inimigos e matando reis. Ela era uma força da natureza. Ela era uma calamidade e uma comandante de guerreiros lendários imortais."

"Eles poderiam queimar o mundo inteiro em cinzas com aquilo. Ele era dela e ela era dele, e eles haviam se encontrado através de séculos de derramamento de sangue e perda, através de oceanos, reinos e guerra."

"Mesmo que este mundo seja um sussurro de poeira esquecido entre as estrelas, eu irei te amar."

Em suma, o livro é eletrizante. Recomendo muito a série se você ama fantasia e romance! Além do mais, os direitos da série foram comprados... podemos esperar em brave uma série baseada nos livros, mal posso esperar!

Após flagrar o seu atual namorado com outro cara - não, você não leu errado - e constatar que o safado tinha um gosto para homens até melhor do que o seu, Eva se arrepende por ter abandonado a família, o gato, o emprego, os amigos e até e o país para segui-lo e decide que é hora de voltar para a casa, com o rabo entre as pernas, um mau humor feroz e sem um tostão no bolso. Mas ao contrário do que imaginou não é recebida com faixas e balões, muito menos com boas-vindas e sim com mais e mais azar - como se não bastasse todas as vezes em que foi traída, abandonada pelo circo ou roubada por alguma estrela errada -, seu irmão acabou com seu carro novo, seu pai se casou, ela ganhou duas quase irmãs indesejadas, seu melhor amigo roubou seu gato e ainda de quebra arrumou uma namorada.
Embora a vida em casa não esteja como deixou, Eva é obrigada a seguir em frente e lidar com a situação como uma mulher adulta. O que em seu dicionário quer dizer se embebedar, distribuir socos e grosserias a quem quer que esteja ao seu alcance e recuperar seu gato - a qualquer custo -, nem que para isso precise roubá-lo de volta.
O que desconhece é que o destino iria lhe preparar uma surpresa, lhe oferecendo algo que não poderia ter, um amor proibido. Será ela corajosa o suficiente para lidar com mais um coração partido, mesmo que seja pela estrela mais brilhante do céu?

Autora: Raiza Varella
Editora: Amazon
Páginas: 544
Classificação: 3.5/5
Formato da leitura: E-book

Eva Marinho vive caçando estrelas. Quando pequena, sua mãe lhe contou uma história sobre estrelas. Para Eva, a estrela representa a sua alma gêmea, e ela não mede esforços para encontrá-la.
Eu entendi tudo errado. Desejei por anos uma estrela sem saber o que significava e terminei realmente ganhando uma: a mais brilhante.
No entanto, ela não possui sorte no amor. A última foi  gota d'água: ela se mudou de país, abandonando sua família e seu melhor amigo Gabriel Venturinni, para morar com o cara que pensou ser sua alma gêmea... e mais uma vez, o destino lhe provou que ela tinha um para-raios para desastres.
Eu sempre quis uma eternidade, mas uma eternidade não cabe dentro de um prazo de validade.
Ela volta para o Brasil e ao invés de encontrar conforto, encontra mais problemas: seu amigo roubou seu gato, seu pai se casou e de quebra lhe deu duas meia-irmãs, sendo que uma delas, Alice, começou a namorar seu melhor amigo! E é somente com a distância causada pelo namoro deles que Eva percebe sua dependência e paixão por seu melhor amigo.

Gabriel sempre foi apaixonado por Eva, mas em sua busca pela sua estrela, ela nunca o viu com outros olhos. Quando ela abandonou tudo e todos, Gabriel percebeu que seu amor nunca seria correspondido, e desistiu de esperar por Eva.
Seu beijo é como sempre imaginei que seria, tem gosto de céu, tormenta e amor. Tem gosto de felicidade.
Agora é tarde demais para Eva notá-lo. Ele já está refazendo sua vida. Porém, com o desenrolar da história, Eva acaba descobrindo um grande segredo de Gabriel e nada nem nimguem a ira impeder de estar ao seu lado.
Ah o tempo... Nós o jogamos fora todos os dias acreditando que ele vem de uma fonte inesgotável. Sempre terá mais um segundo, mais uma hora, mais um dia. Ninguém deveria ser obrigado a saber que seu tempo tem limite, tem data para acabar.
Esse livro foi uma grande surpresa! A personagem principal, Eva, tem uma personalidade muito difícil. Ela fuma, bebe, não esta nem ai para sua saúde, xinga e magoa a todos a seu redor. Porém, conforme a trama se desenvolve, descobrimos a verdadeira Eva, que apenas Gabriel e seu pai conhecem. Uma garota com saudades da mãe e com um lado doce.

O plot twist do livro foi uma grande surpresa. O segredo de Gabriel acaba por mudar a história do livro de apenas mais um chick-lit para algo maior, mais profundo. Outro segredo revelado é sobre a história das estrelas de sua mãe, a história que moldou a vida e personalidade de Eva.

O livro passa uma mensagem sobre escolhas, amadurecimento, altruísmo e perdão. Raiza Varella, autora da trilogia dos Encantados, mais uma vez demonstra talento para contar histórias. Recomendo Caçadora de Estrelas para todos que desejam uma leitura leve, porém com um toque mais maduro e com reflexões mais profundas do que as encontradas em um simples chick-lit.

Claire, a protagonista de A viajante do tempo é uma mulher de personalidade forte, lutando para se manter num mundo de homens violentos, que busca seu verdadeiro amor enquanto participa de importantes acontecimentos da história. Claire Beauchamp Randall foi separada de seu marido Frank pouco depois da lua-de-mel, quando ele foi convocado para lutar na Segunda Guerra Mundial. Ao final do conflito, Claire e Frank se reencontram e retomam a vida que tinham em comum numa viagem a Escócia. Mas o reencontro não ocorre da forma esperada. Parece haver entre a esposa e o marido um distanciamento muito maior do que aquele causado pelos anos de guerra. Ao visitar uma antiga e mística formação de rochas, Claire finalmente vai conhecer seu destino.

Autora: Diana Gabaldon
Editora: Rocco
Páginas: 736
Classificação: 4/5
Formato da leitura: E-book

Meu primeiro contato com esta série de livros se deu através da série Outlander. Os livros acompanham a personagem Claire, uma enfermeira na 2º Guerra Mundial, que durante a lua de mel com seu marido, Frank, em Inverness, nas highlands escocesas, acaba por atravessar pelas pedras e acaba indo parar no mesmo local, porém duzentos anos antes. Em plena preparação para a Batalha de Culloden.

O marido de Claire estava em Inverness pesquisando sobre seu antepassado Black Jack Randall. E é com ele o primeiro encontro de Claire no passado. Porém, apesar dos traços semelhantes a seu marido, o homem é um lobo em pele de cordeiro.
Chega-se a um ponto, numa intensa luta física, em que uma pessoa se abandona ao uso desenfreado de força e recursos corporais, ignorando os custos até a luta acabar. As mulheres encontram este ponto no parto; os homens na batalha. Passado esse ponto, você perde todo medo da dor ou do ferimento. A vida se torna muito simples a essa altura; você fará o que está tentando fazer ou morrerá na tentativa e, na verdade, não importa muito o desfecho.
Assustada e perdida, Claire acaba sendo "sequestrada" por um grupo de escoceses e entre eles, ela conhece o jovem Jamie Fraser. Os talentos da enfermeira logo se espalham pelo vilarejo e alguns acreditam que ela seja uma bruxa. Porém, nem todos acreditam em sua história sobre ser uma inglesa que se perdeu de sua família. Especialmente Black Jack Randall.

Para escapar de ser levada a força para a Inglaterra e enfrentar um julgamento, os seus novos amigos escoceses sugerem que ela se case com Jamie, dessa forma poderia se tornar uma cidadã escocesa.


Quando Jamie descobre o segredo de Claire, ele acredita em sua esposa, mesmo que não consiga compreender muito bem o que aconteceu com ela. Mas sendo um escocês, já está familiarizado com mitos, lendas, e situações inexplicáveis pela ciência da época.

É então que Claire é confrontada com uma grande decisão ao se ver novamente ante as pedras. Voltar para o presente, para seu marido Frank e para a modernidade, ou ficar ali no passado, com Jamie e a iminência da batalha de Culloden que paira sobre as terras altas da Escócia.
Você tem livre-arbítrio, assim como todas as outras pessoas neste mundo. E a história, acredito, é a soma de todas essas ações. Alguns indivíduos são escolhidos por Deus para afetar os destinos de muitas pessoas. Talvez você seja uma delas.
Meu primeiro contato com este livro foi através da série Outlander. Me apaixonei por esta história sobre a Escócia, sobre liberdade, amor e lutar pelo que se acredita! Há poucas diferenças entre o livro e a série. Cada temporada acompanha um dos livros.

A série Outlander está na terceira temporada, enquanto que já existem oito volumes publicados pela autora. Indico a série para quem gosta de história, romance e aventura. A ilustração foi encontrada no Pinterest e retrata o momento da difícil decisão de Claire.

Paranaense de Santo Antônio da Platina, Sherla M. Silva encontrou sua vida nos livros já na primeira infância. Conforme foi crescendo seu amor pelas páginas aumentou tanto a ponto de não se contentar em apenas lê-los, precisava escrever. Nesse meio tempo surgiu Tarsia – O Reino de Harmonia e toda a magia que o cerca, sendo o primeiro livro de uma série que promete conquistar a todos que lerem. A autora é graduanda em Letras\Inglês pela UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná) e pretende fazer dos livros e da literatura sua vida, em especial a Literatura Fantástica.
Blog



Tarsia - O Reino da Harmonia
Toda a perspectiva de realidade de quatro jovens muda quando cada um deles encontra um colar misterioso. Imediatamente eles se sentem atraídos pelos colares e pela força que deles emana. O que eles não imaginavam era que cada joia detinha um poder dos quatro elementos, e que tais poderes eram ainda mais fortes quando unidos. Assim que os amigos juntam as partes dos colares são levados a um mundo fantástico onde tudo é possível: Tarsia. Logo percebem que são os escolhidos para cumprir a missão de restaurar a harmonia deste reino mágico do qual são descendentes. Os jovens embarcam em uma grande aventura, travando uma épica luta do bem contra o mal, onde os conflitos misturam-se à magia e grandes revelações num cenário de incertezas, luta pelo poder e caos. Quatro amigos, quatro colares, um mundo extraordinário regido pelos elementos da natureza e uma emocionante história.
Skoob / FanPage.

O livro faz parte de uma trilogia. Em breve publicarei a resenha do livro, mas já adianto que a sinopse e a capa me chamaram muito a atenção! Você já leu este livro?

Divulgação de blogs