"Edward (vida longa ao rei) é o rei da Inglaterra. Ele também está morrendo, o que é inconveniente, e ele tem apenas dezesseis anos e ele gostaria muito mais de estar planejando seu primeiro beijo do que considerar quem herdará sua coroa…
Jane (lê muitos livros) é a prima de Edward, e muito mais interessada em livros do que em romance. Infelizmente para Jane, Edward arranjou para ela um casamento para assegurar a linha de sucessão. E há algo bem peculiar sobre seu noivo…
Gifford (chame-o de G) é um cavalo. Quer dizer, ele é um Eðian. Todos os dias ao nascer do sol ele se torna um nobre corcel castanho—mas então ele acorda no crepúsculo com um hálito de feno. Isso é muito indignificante.
O enredo se complica quando Edward, Jane e G são atraídos para uma conspiração perigosa. Com o destino do reino em jogo, nossos heróis terão que se engajar em sua própria conspiração. Mas poderão eles executar seu plano antes de perder suas cabeças?"
Autora: Cynthia Hand, Brodi Ashton, Jodi Meadows
Editora: Harper Teen
Páginas: 494
Classificação: 4.5/5 ♥
Formato da leitura: Físico (Inglês)

My Lady Jane é uma releitura fantástica e divertida sobre a rainha Jane Grey, que reinou a Inglaterra por nove dias, antes de ter sua cabeça decepada por traição. É importante lembrar que neste período havia uma guerra religiosa na Inglaterra entre Católicos e Protestantes.

A releitura fantástica acontece quando os católicos são retratados como os Verites, e os Protestantes como Eðians. Os Eðians no livro são pessoas com a habilidade mágica de se transformarem em animais. Algumas pessoas conseguem controlar esta magia, para outros, esta é como uma maldição.
Eðians são pessoas também. Você só os odeia porque você os teme!
Quando o rei Edward está morrendo, seus membros da corte ficam apreensivos de que Mary assuma o reino, pois ela é uma Verite fervorosa, que não exitaria em matar metade do povo da Inglaterra que tivesse a magia Eðian. Já Bess, a futura rainha Elizabeth, ainda não demonstrou para qual dos grupos simpatiza.

Portanto os membros da corte aconselham Edward a casar sua prima Jane Grey, que simpatiza com os Eðians, com Gifford, um Eðian, para que ela e seus herdeiros sejam os próximos na linha de sucessão. No entanto, nem todos aceitam passivamente que Jane, e não Mary, assuma o trono da Inglaterra. E Edward, Jane e G correm o sério risco de perderem suas cabeças por traição.

Eu me diverti muito lendo este livro, já começando pela dedicatória!
Para todos que sabiam que havia espaço suficiente para o Leonardo DiCaprio naquela porta. E para a Inglaterra. Nós realmente sentimos muito pelo que estamos prestes a fazer à sua história.
A escrita é envolvente e fluída, os personagens são bem construídos e a releitura histórica é muito divertida. Jane é uma personagem inteligente e corajosa, que não tem medo de dizer o pensa. Já Edward é um personagem que não deseja tanta responsabilidade sobre seus ombros, mas aceita seu destino, pois já nasceu com seu título de futuro rei.

Gifford é um jovem que não se sente aceito por seus pais, e sofre com o que pensa ser uma maldição. Ao longo da trama, os três irão amadurecer e descobrir o amor e a amizade. No entanto, quando estão descobrindo tanto sobre si mesmos e suas vidas, eles correm o risco de serem mortos por traição.
"Para que propósito sua morte servirá?"
"Servirá para provar que você não controla este reino. Servirá para provar que nem todos se curvarão a você. Você acha que irá nos governar com medo, mas você não pode. Eu nunca renunciarei as minhas crenças, ou ao meu marido."
Em resumo, acredito que todos irão amar este livro e o recomendo para todos. Recheado de humor, romance e fantasia, o livro é perfeito para relembrar um pouco da história da Inglaterra e dar boas risadas no processo.

Por enquanto o livro foi publicado somente em Inglês, mas a editora Gutenberg o irá lançar em breve no Brasil, para que todos tenham a chance de conhecer esta história incrível. Estou apaixonada por esta história e pelos personagens!

8 Comentários

  1. Oi, Talita!
    Eu morria de rir com seus stories com quotes. Antes eu não colocava muita fé na história, mas agora estou disposta a dar uma chance.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você goste deste livro... Depois me conte o que achou, ok?
      Abraços!

      Excluir
  2. Oi Talita,

    Essa é a primeira vez que vejo uma resenha desse livro. Já tinha lido algumas coisas em blogs gringos, mas não imagina que a premissa era tão diferente. Realmente, nenhuma editora se interessou pelo livro ainda, mas espero que isso se resolva logo. Gostei!!!

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise, eu achei a premissa do livro super original, em fazer uma releitura histórica com humor. Vamos torcer para alguma editora brasileira se interessar pela tradução!
      Abraços.

      Excluir
  3. Nossa, eu já quero saber se ela perde a cabeça tb no livro, confesso!! Adorei a dedicatória, tinha espaço naquela porta SIM rsrsrsrsrsrsrs espero que alguma editora publique logo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre se ela perde ou não a cabeça, só lendo o livro para descobrir hehe. Realmente a dedicatória é muito engraçada.
      Abraços!

      Excluir
  4. Semana passada eu tava babando nesse livro e desejando que ele fosse traduzido! :D Sério eu queria tanto conferir a história, mas meu inglês não passa do Verb To be... :( :( :(
    E realmente cabia o Leonardo naquela madeira gente, ninguém nega isso! O.O

    Beijinhos e até logo! ;)
    https://www.youtube.com/channel/UCq_t1Q7_GvQdRPI3sa4Z2gg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente uma editora brasileira deveria traduzir o livro, assim todos poderão conhecer este livro e seus personagens. Hehe É verdade que todos sabem que havia sim espaço para o Leonardo na porta do filme Titanic!
      Abraços!

      Excluir

Seu comentário será sempre bem vindo!

Divulgação de blogs